Páginas

Meus Videos No You tube

Loading...

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

ESTRELAS DO MAR

Estava em caminhando no parque mangabeiras com um amigo recem chegado a minha vida ,mas já muito querido e admirado e ele me contou esta historia do menino que catava estrelas do mar (mas me contou como o homem que catava estrelas do mar), a historia é linda independente dos personagens escolhidos. Sempre enchi meus olhos ao ouvir esta historia...
XD


Eu trouxe uma versão da historia pra vocês,  espero fazer a diferença ^^



ESTRELAS DO MAR 
Adaptação: Paulo A. Duarte.
Florianópolis, SC




Um escritor morava numa praia tranqüila 
Era o seu refúgio para buscar inspiração e para trabalhar 
longe da agitação da cidade 
Certo dia, viu um vulto que parecia dançar à beira d'água 
Ao chegar perto, reparou que o tal vulto era, 
na verdade, um menino que jogava estrelas-do-mar 
de volta para a água 
Intrigado, perguntou ao menino o que ele estava fazendo 
Você não vê!? ... disse o garoto 
E completou: -Com este calor, as estrelas-do-mar irão morrer na areia 
O escritor ficou espantado e disse: 
Mas há muitos quilômetros de praia por todo o mundo 
e milhares de estrelas-do-mar por suas areias espalhadas 
Que diferença vai fazer devolver umas dez ou vinte 
se tantas outras irão morrer? 
Isto parece não ter sentido 
Aí o menino olhou para o homem, pegou mais uma estrela-do-mar 
e jogou de volta para a água. E disse: 
Para esta eu fiz a diferença... 
O escritor sentiu como se algo o tivesse atingido 
lá no fundo da alma 
Saiu dali pensativo. Não conseguiu dormir naquela noite 
Pela manhã, lá estava o vulto dançando novamente na praia 
Vagarosamente o homem foi chegando; timidamente juntou 
uma estrela-do-mar e jogou para a água 
E em poucos minutos dois vultos dançavam nas areias 
de uma praia tranqüila. 
========== xxx ========== 
Tal qual o menino, sejamos mais um dos que querem fazer do mundo 
um lugar melhor. 
Sejamos a diferença! 
Vamos fazer a nossa parte e construir o amor e a bondade 
nas simples e pequenas atitudes 
Vamos substituir o ódio pelo amor 
Alguém precisa começar...


Nenhum comentário:

Postar um comentário