Páginas

Meus Videos No You tube

Loading...

sábado, 4 de fevereiro de 2012

QUAL O FEMININO DE PEIXE-BOI?

Acredite, o feminino de peixe-boi não é peixe-vaca, peixa-boi, muito menos peixe boia, o correto é peixe-mulher !


Aproveitei a curiosidade e fui no Portal São Francisco pra buscar um pouco mais sobre esse animal, que eu particulamente gosto muito (na verdade tenho demasiado apreço por animais "gordinhos", elefantes, baleias, e hipopotamos XD ):


Peixe-Boi
ROLIÇO, GRANDE, PESADO, COM JEITO DE PEIXE E SE ALIMENTANDO DE CAPIM.

Afinal, que bicho é esse?

É o peixe-boi!

Apesar da cara de poucos amigos, ele é um animal bastante dócil que se alimenta apenas de vegetais (é um herbívoro). Habita os rios, estuários e o mar nas regiões intertropicais.

No Brasil, existem duas espécies: o peixe-boi marinho e o peixe-boi amazônico. Sobretudo por causa da caça indiscriminada, o peixe-boi marinho é hoje o mamífero aquático mais ameaçado de extinção no Brasil.
HISTÓRIA E LENDA

Os peixes-bois existem há milhões de anos.

O nome sirênios tem origem mitológica. Por causa da cauda e do seu canto (vocalizações), os antigos navegadores associaram o animal com as sereias.

Daí, surgiu o nome de sua ordem: Sirênia.

Fonte: www.projetopeixe-boi.com.br
Peixe-Boi


Peixe-Boi

Mesmo com "peixe" no nome, ele é um mamífero. É um bicho grande, de corpo arredondado e liso, parecido com uma foca, que vive na água. Por isso a confusão entre peixe (porque vive na água) e boi (porque é um mamífero).

Em vez de patas ou garras, como a maioria dos mamíferos, o peixe-boi possui nadadeiras, como um peixe. Mas só na parte da frente do corpo, pois não possui membros posteriores. Seu rabo também é achatado e largo como de um peixe. A fêmea do peixe-boi é conhecida como peixe-mulher.

Para confundir ainda mais as coisas, o peixe-boi tem dentes: são apenas dentes molares, normalmente seis em cima e seis embaixo. O peixe-boi vive tanto em águas salgadas quanto em águas doces. A espécie Trichechus manatus vive perto dos Estados Unidos, do México e dos mares do Caribe. O Trichechus senegalensis aparece no litoral da África.

Existem duas espécies de peixe-boi no Brasil. Um é o peixe-boi de água doce que vive nos rios da Amazônia (o Trichechus inunguis). Ele come plantinhas e gramíneas e pode chegar a 4 metros de comprimento e pesar até 600 kg (tão pesado quanto um carro!).

Se o peixe-boi de água doce já corre perigo nos rios da Amazônia, seu irmão que vive no mar (Trichechusmanatus) é o mamífero marinho mais ameaçado de extinção no Brasil. Existem apenas 400 deles entre Alagoas e Maranhão.

No século 19, o peixe-boi marinho existia aos milhares, desde o Espírito Santo até o Amapá, mas a caça indiscriminada para aproveitar o óleo, a carne e o couro resistente acabou com seu sossego. Manso e dócil, ele é uma presa fácil. Como a fêmea do peixe-boi tem apenas um filhote a cada três anos, fica cada vez mais difícil para essa espécie tão interessante sobreviver ao homem.

Fonte: www.canalkids.com.br
Peixe-Boi


Peixe-Boi

O Peixe-boi, manatim, manatí ou manati, também chamado de guaraguá e, no caso da espécie marinha, vaca-marinha, é um mamífero aquático da família dos Triquequídeos, podendo pesar algo em torno de 750 kg quando adulto e medir 4,5 m de comprimento. São animais ameaçados de extinção e se encontram protegidos por lei no Brasil.

Existem três espécies de peixe-boi. Uma vive no Atlântico, outra chamada localmentde de peixe-mulher (Trichechus senegalensis), habita as águas doces e costeiras do oeste da África (Trichechus senegalensis), e a terceira, Trichechus manatus, tem ampla distribuição nas Américas, indo desde o México e os Estados Unidos, vivendo nas ilhas da América Central e, na América do Sul, na Colômbia, Venezuela, as Guianas e o Brasil. A espécie Trichechus inunguis, o peixe-boi da Amazônia, é fluvial e vive nas bacias dos rios Amazonas e Orinoco.

Fonte: pt.wikipedia.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário