Páginas

Meus Videos No You tube

Loading...

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Decifra ou te devoro


devora-me...

um dia
eu estava louco
completamente embriagado
um cigarro pela metade já apagado
uma taça de uísque trincada
a lua tímida escondia-se entre as nuvens
escuridão...


Hilda furacão passou por mim
com seu perfume inebriante
eu sussurrei:
muguet du bonheur
eu virou-se
olhou para mim e sorriu
um sorriso devasso
extremamente sensual...


Hilda furacão se virou novamente e foi embora
se perdeu na escuridão da noite...
sentei no chão e deixei o restinho do uísque escorrer
senti algo toca meu ombro
quando olhei me assustei
estava face a face com a esfinge
ela ia me perguntar algo
mas eu cessei sua fala com a ponta do meu dedo e eu disse
decifra ou te devoro !
seus olhos de cristal brilharam
a esfinge ama os desafios
eu sorri e disse:
o que é o amor? decifra ou te devoro
(...)


Uma pena,
nem os ossos restaram
devorei a esfinge
pois o amor, nem ela decifra
e tú, meu caro leitor...
decifra ou eu te devoro.
o que é o amor?

texto de Augusto Junior de Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário